WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia





(77) 98149-7619

julho 2024
D S T Q Q S S
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  


:: ‘Destaque5’

Umidade e calor são motivos para mudança de tempo na Bahia

Depois de dias com predomínio de sol e calor em grande parte da Bahia, para essa semana, as condições do tempo começam a mudar. A combinação calor e umidade pode trazer chuva já nesta segunda (25) para parte do litoral da Bahia.

 

 

Em Salvador, a chance de chuva chega a 40%, mas é na madrugada de quinta (28) que a chuva ganha força e deve se espalhar também pelo recôncavo, região nordeste e região do sisal.

A frente fria da região sudeste está bem afastada do litoral, mas deve intensificar os ventos vindo do mar e aumentar a chance de chuva entre quarta (27) e sexta (29), bem no começo da semana santa.

Lembrando que essa chuva ainda pode vir acompanha de trovoadas por conta do calor do começo do outono.

 

 

Fonte: I Bahia

Daniel Alves é condenado a 4 anos e 6 meses de prisão por estupro

Julgamento de Daniel Alves — Foto: Alberto Estevez/Reuters

O ex-jogador da seleção brasileira Daniel Alves foi condenado a 4 anos e 6 meses de prisão por estupro. A sentença foi anunciada pelo tribunal de Barcelona na manhã desta quinta-feira (22) e diz que foi comprovado que o brasileiro agrediu e abusou da mulher no banheiro da boate Sutton, em 2022.

A condenação foi divulgada duas semanas após o término do julgamento. A defesa do ex-jogador informou que vai recorrer à decisão. A apelação ainda pode ser feita em duas instâncias, no Tribunal Superior de Justiça da Catalunha (TSJC) e no Supremo Tribunal da Espanha. Enquanto recorrer, Daniel segue preso.

O crime de “agressão sexual” está previsto no Código Penal da Espanha e está tipificado no artigo 178: “Quem atacar a liberdade sexual de outra pessoa, recorrendo à violência ou à intimidação, será punido como responsável por agressão sexual com pena de prisão de um a cinco anos”.

A condenação de Daniel Alves está longe dos 9 anos de prisão solicitados pela Promotoria espanhola e ainda mais distante dos 12 anos pedidos pela vítima. Segundo a sentença, o tribunal aplicou ao jogador de futebol uma circunstância atenuante de reparação do dano ao considerar que “antes do julgamento, a defesa depositou na conta do tribunal a quantia de 150 mil euros para ser entregue à vítima independentemente do resultado do julgamento, e esse fato expressa, segundo o tribunal, ‘uma vontade reparadora‘”.

Com isso, a pena do ex-jogador foi reduzida por conta da aplicação dessa atenuante, e não por conta do estado de embriaguez dele, argumento utilizado estrategicamente pela defesa de Alves durante o julgamento com o intuito de reduzir o tempo da possível pena.

Segundo o jornal catalão “La Vanguardia”, além da redução do tempo de condenação, o elemento atenuante abre a porta para que ele possa sair da prisão mediante permissões quando tiver cumprido um quarto da sentença, ou seja, um ano, um mês e quinze dias. Para isso, a decisão deve ser definitiva e, portanto, está sujeita aos recursos que a acusação possa apresentar.

A juíza Isabel Delgado na 21ª Seção de Audiência de Barcelona também ordenou que Daniel Alves, após cumprir a pena, tenha liberdade supervisionada por cinco anos, fique afastado da mulher por nove anos e pague uma indenização de 150 mil euros (cerca de R$ 804 mil). Ele também deve pagar as custas do processo.

A sentença, de 61 páginas, considera provado que “o acusado agarrou bruscamente a denunciante, derrubou-a no chão e, impedindo-a de se mover, penetrou-a vaginalmente, apesar de a denunciante dizer que não, que queria ir embora”. E entende que “com isso se configura a ausência de consentimento, com o uso de violência e com acesso carnal”.

A juíza explica que “para a existência de agressão sexual não é necessário que ocorram lesões físicas, nem que haja uma oposição heroica por parte da vítima em manter relações sexuais”.

Além disso, a sentença especifica que, “no presente caso, encontramo-nos ainda com lesões na vítima, que tornam mais do que evidente a existência de violência para forçar sua vontade, com a subsequente penetração sexual que não é negada pelo acusado”. Daniel Alves também terá que pagar uma multa de 9 mil euros (cerca de R$ 48 mil), em 150 euros diários durante dois meses, pelo delito leve de lesão corporal.

A acusação está satisfeita com a condenação. Entretanto, alerta para danos não reparados.

Daniel Alves chegou ao local por volta das 10h (6h no horário de Brasília). No momento da leitura da sentença, estavam presentes também as partes no processo contra o jogador: a promotora Elisabet Jiménez; a advogada da denunciante, Ester García; e a advogada de Daniel, Inés Guardiola.

Defesa vai recorrer à condenação

A advogada de defesa de Daniel Alves, Inés Guardiola, disse na saída do Tribunal de Barcelona que vai recorrer da sentença.

“Vamos rever a sentença, mas posso adiantar que vamos recorrer. Ainda sigo acreditando e defendendo a inocência do senhor Alves. Como vocês sabem, quatro anos e meio são muito melhores do que os 9 ou 12 anos solicitados pela acusação, mas é claro que vamos recorrer. Defenderemos sua inocência até o fim”, afirmou.

Inés Guardiola disse ainda que “Daniel Alves está inteiro” e que vai se encontrar com ele à tarde para explicar a sentença.

Acusação feliz com condenação, mas vai checar se houve dano não reparado

A acusação de Daniel Alves, composta pela Promotoria espanhola e pelos advogados da vítima, comemorou a decisão do Tribunal de Barcelona.

Entretanto, o advogado David Sáez disse que apesar de reconhecer a versão da vítima, a condenação poderia trazer um dano não reparado.

“Estamos satisfeitos porque a sentença reconhece o que sempre afirmamos: que a vítima estava relatando o que sofreu. Estamos satisfeitos e felizes por ela e por todas as outras (mulheres). Precisamos revisar se o conteúdo integral da sentença, se a gravidade da pena está de acordo com a seriedade dos fatos. Não se reparou o dano e será combatido se precisar”, disse Sáez.

O julgamento

O julgamento de Alves durou três dias e terminou no dia 7 de fevereiro, após o jogador prestar depoimento. Na sessão, ele chorou e negou a agressão sexual. Disse ainda que a relação com a denunciante foi consensual.

À época, a defesa de Daniel Alves pediu a liberdade condicional e a absolvição dele. Já o Ministério Público local queria nove anos de prisão, enquanto a defesa da denunciante, 12 anos.

No total, 28 testemunhas, indicadas pela defesa e pela acusação, foram convocadas pela Justiça espanhola para os depoimentos. A mãe do ex-jogador também participou do julgamento. Lucia Alves, que foi a primeira a chegar ao Tribunal, foi convocada como testemunha.

As versões de Daniel Alves

Desde o início do processo, Daniel Alves apresentou quatro versões sobre o que aconteceu na boate Sutton. A última foi no julgamento, quando alegou que estava completamente embriagado.

Veja abaixo os diferentes relatos que ele já deu sobre o caso.

  • No início de janeiro de 2023, em um vídeo enviado ao canal espanhol Antena 3 depois que o caso veio a público, o jogador negou ter ocorrido relação sexual e disse que sequer conhecia a denunciante. “Nunca vi essa senhora na vida”, afirmou.
  • Dias depois, em um primeiro depoimento à polícia, Daniel Alves declarou ter entrado no banheiro junto com a espanhola, mas negou ter havido qualquer relação entre os dois.
  • Em 20 de janeiro, convocado a um segundo depoimento em uma delegacia de Barcelona, quando foi preso em flagrante, o jogador Alves alegou que a jovem praticou sexo oral nele, porém de forma consensual. O atleta mudou a versão ao ser confrontado pela polícia com imagens da boate.
  • Em 17 de abril de 2023, já preso, Daniel Alves declarou à juíza responsável pelo caso que manteve relações sexuais consensuais com penetração (àquela altura, exames periciais haviam encontrado sêmen do jogador na espanhola). O brasileiro, que era casado com modelo espanhola Joanna Sanz, argumentou ter mentido para ocultar uma relação extraconjugal.
  • No dia 7 de janeiro de 2024, durante seu julgamento, ele foi interrogado pela própria advogada. Nesse depoimento, ele chorou e afirmou que bebeu excessivamente naquela noite.
Fonte: G1

Pagamento do abono salarial PIS-Pasep 2024 começa nesta quinta-feira; veja quem vai receber

 

 

O pagamento do abono salarial PIS-Pasep 2024, referente ao ano-base 2022, começa nesta quinta-feira (15) para os trabalhadores nascidos em janeiro.

➡️ O abono salarial é um benefício no valor de até um salário-mínimo concedido anualmente a trabalhadores e servidores que atendem aos requisitos do programa.

No geral, têm direito ao abono funcionários da iniciativa privada (PIS) e servidores públicos (Pasep) que trabalharam durante pelo menos 30 dias no ano-base e receberam até dois salários-mínimos por mês.

O banco de recebimento, data e os valores, inclusive de anos anteriores, estão disponíveis para consulta no aplicativo Carteira de Trabalho Digital e no portal Gov.br.

Neste ano, o calendário de pagamento foi unificado: tanto os trabalhadores da iniciativa privada como os servidores públicos vão receber de acordo com o mês de nascimento de cada beneficiário(confira o cronograma abaixo).

Ao todo, 24,8 milhões de trabalhadores receberão o abono, segundo o Ministério do Trabalho, sendo 21,9 milhões da iniciativa privada e 2,9 milhões do serviço público.

Calendário de Pagamento Pis-Pasep 2024 (Ano-Base 2022)

NASCIDO EM RECEBE A PARTIR DE Pagamento final
Janeiro 15/02/2024 27/12/2024
Fevereiro 15/03/2024 27/12/2024
Março 15/04/2024 27/12/2024
Abril 15/04/2024 27/12/2024
Maio 15/05/2024 27/12/2024
Junho 15/05/2024 27/12/2024
Julho 17/06/2024 27/12/2024
Agosto 17/06/2024 27/12/2024
Setembro 15/07/2024 27/12/2024
Outubro 15/07/2024 27/12/2024
Novembro 15/08/2024 27/12/2024
Dezembro 15/08/2024 27/12/2024

1. Quem tem direito ao abono salarial?

Os trabalhadores devem atender aos seguintes critérios para ter direito ao benefício:

  • estar cadastrado no programa PIS/Pasep ou no CNIS (data do primeiro emprego) há pelo menos cinco anos;
  • ter trabalhado para empregadores que contribuem para o Programa de Integração Social (PIS) ou para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep);
  • ter recebido até 2 salários-mínimos médios (no valor em vigor no ano-base) de remuneração mensal no período trabalhado;
  • ter exercido atividade remunerada durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base da apuração (2022);
  • ter os dados informados pelo empregador (pessoa jurídica ou governo) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou no eSocial do ano-base considerado para apuração (2022).

 

2. Quem não tem direito ao abono salarial?

  • empregado(a) doméstico(a);
  • trabalhadores rurais empregados por pessoa física;
  • trabalhadores urbanos empregados por pessoa física;
  • trabalhadores empregados por pessoa física equiparada a jurídica.

 

3. Qual é o valor?

O valor do abono salarial é proporcional ao tempo de serviço do trabalhador no ano-base em questão.

O cálculo corresponde ao valor atual do salário-mínimo dividido por 12 e multiplicado pela quantidade de meses trabalhados no ano-base. Assim, somente quem trabalhou os 12 meses do ano-base recebe o valor total de um salário-mínimo.

Neste ano, o benefício irá variar de R$ 118 a R$ 1.412Veja abaixo os valores conforme a quantidade de meses trabalhados:

Valor do Abono Salarial

QUANTIDADE DE MESES TRABALHADOS NO ANO-BASE VALOR DO ABONO SALARIAL
1 R$ 118
2 R$ 235
3 R$ 353
4 R$ 471
5 R$ 588
6 R$ 706
7 R$ 824
8 R$ 941
9 R$ 1.059
10 R$ 1.177
11 R$ 1.294
12 R$ 1.412

4. Como consultar?

Para fazer a consulta pelo aplicativo da Carteira de Trabalho Digital, siga o passo a passo:

  1. Certifique-se de que o aplicativo esteja atualizado;
  2. Acesse o sistema com seu número de CPF e a senha utilizada no portal gov.br;
  3. Toque em “Benefícios” e, em seguida, em “Abono Salarial”. A tela seguinte irá informar se o trabalhador está ou não habilitado para receber o benefício.

Vale lembrar que trabalhadores do setor privado também podem consultar a situação do benefício e a data de pagamento nos aplicativos Caixa Trabalhador e Caixa Tem.

5. Como serão os pagamentos?

O pagamento do PIS (Programa de Integração Social) aos trabalhadores da iniciativa privada é administrado pela Caixa Econômica Federal. São quatro opções para receber:

  • As pessoas que possuem conta corrente ou poupança na Caixa receberão o abono automaticamente, informou o banco.
  • Também é possível receber os valores por meio da Poupança Social Digital, cuja movimentação é feita pelo aplicativo Caixa Tem.
  • Outra opção é fazer o saque com o cartão social e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas e Caixa Aqui.
  • Se o trabalhador não possuir cartão social, o pagamento também pode ser realizado em qualquer agência da Caixa com a apresentação de um documento de identificação.

Já o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) é válido para os servidores públicos, e os depósitos são feitos pelo Banco do Brasil.

Nesse caso, o pagamento será realizado prioritariamente como crédito em conta bancária, transferência via TED, via PIX ou presencial nas agências de atendimento, informou o Ministério do Trabalho.

6. Ainda tem dúvidas?

Mais informações podem ser solicitadas nos canais de atendimento do Ministério do Trabalho e nas unidades das Superintendências Regionais do Trabalho, pelo telefone 158 ou pelo e-mail: trabalho.uf@economia.gov.br (substituindo os dígitos UF pela sigla do estado do trabalhador).

Diretor-geral da OMS diz que surto de dengue no Brasil faz parte de aumento global da doença

 

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom, disse nesta quarta-feira (7) que o surto de dengue no Brasil faz parte “de um grande aumento em escala global” da doença e que, “a exemplo de muitos países, também enfrenta desafios significativos”.

 

📈 Contexto: Neste ano, o país já registrou mais de 360 mil casos (prováveis e confirmados) de dengue, com 40 mortes confirmadas. Isso representa um aumento de 291% em relação ao mesmo período de 2023, quando foram registrados pouco mais de 93 mil casos nas primeiras cinco semanas do ano.

 

Em visita ao Brasil, ele participou do lançamento de um plano do Ministério da Saúde para eliminação de doenças e infecções que acometem, de forma mais intensa, as populações em situação de maior vulnerabilidade social, como malária, doença de Chagas, sífilis, hepatite B e HIV.

 

Este surto de dengue atual faz parte de um grande aumento em escala global da dengue, com mais de 500 milhões de casos e mais de cinco mil óbitos relatados ano passados em 80 países de todas as regiões do mundo. – Tedros Adhanom, diretor-geral da OMS

A visita dele ao Brasil acontece em meio ao aumento de casos de dengue no país. O total registrado em janeiro já ultrapassou todos os casos de 2017, quando foram contabilizadas 239.389 notificações.

 

O governo federal instalou um Centro de Operações de Emergência (COE) contra a dengue e outras arboviroses para coordenar as ações de combate e monitorar o avanço da epidemia.

 

A cidade do Rio de Janeiro decretou estado de emergência em saúde pública por causa da dengue. A primeira morte no ano foi confirmada.

 

O governo do Distrito Federal também já tinha tomado decisão semelhante no fim de janeiro por causa do surto da doença: já foram registradas 11 mortes neste ano e foi aberto um hospital de campanha para tratar os doentes.

 

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, descartou, porém, decretar emergência nacional.

 

Neste momento, não faz sentido uma emergência nacional, o que não quer dizer que não estejamos num estado de alerta e atenção nacional. — Nísia Trindade, ministra

 

Vacina

 

Vacina da dengue do Butantan. — Foto: Governo de São Paulo/Divulgação

 

Em seu discurso, o representante da OMS ainda citou o papel do Brasil como um grande produtor de vacinas. “A OMS também vem trabalhando com o Instituto Butantan, com vistas a explorar uma nova via de colaboração para acelerar a produção local de novas vacinas avançadas aqui no Brasil”, disse Adhanom.

 

O Brasil, que será o primeiro país do mundo a oferecer a vacina contra a dengue no sistema público de saúde, tenta encontrar uma saída para garantir doses suficientes para a população.

No momento, o país conta no SUS apenas com a vacina Qdenga, fabricada pelo laboratório japonês Takeda Pharma. No entanto, a quantidade é limitada e dará para imunizar apenas um pequeno grupo de crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, definido como público-alvo inicial.

 

Nesta quarta, a ministra da Saúde disse que a pasta tem feito estudos para ver se será possível ampliar a faixa etária.

 

“Existem pesquisas sendo feitas tanto laboratoriais quanto também a de estudo observacional que vai começar a ser feito tão logo a vacina comece a ser aplicada”, afirmou Nísia.

 

Em outra frente gira em torno de uma vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan, que teve a sua eficácia comprovada. A expectativa é que esses sejam enviados para aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) neste ano e que a aplicação das primeiras doses ocorra ainda em 2025.

 

 

O acesso a uma nova vacina contra a doença ganha ainda mais importância no ano em que o aquecimento global e o El Niño contribuem para um novo surto da doença no país.

 

 

 

Fonte: G1

 

Grupo Alpha chega trazendo segurança e inovação

 

O que quer que faça, faça bem feito, faça tão bem feito que quando as pessoas te virem fazendo Elas queiram voltar e ver você fazer de novo, e queiram trazer os outros para mostrar o quão bem você faz aquilo que faz!

Ansiedade, diabetes e problemas sexuais: veja os impactos da privação de sono na saúde

Quem não quer dormir bem? Um sono de qualidade está diretamente ligado ao bem-estar do corpo e da mente, já que ele impacta no humor, na vida social, nos sistemas imunológico e cardiovascular, no trabalho e na vida conjugal.

O sono é um pilar essencial para a nossa saúde, junto com atividade física e alimentação. Por isso, ele não deve ser negligenciado.

“Nosso corpo funciona como uma máquina e o sono é o principal promotor do equilíbrio interno do organismo. Tudo precisa funcionar de forma excelente e quem dá equilíbrio nos processos fisiológicos é ele. Se ele está ruim, o corpo vai falhar”, explica Monica Andersen, diretora do Instituto do Sono e professora da Unifesp.

 

Ansiedade, diabetes e problemas sexuais: veja os impactos da privação de sono na saúde — Foto: cottonbro studio/Pexels

 

 

Quer exemplos de como o sono afeta a nossa saúde?

 

  • Distúrbios cardiometabólicos: o sono insuficiente tem sido associado ao aumento do risco de diabetes gestacional, obesidade, diabetes, doença arterial coronária e doenças cardiovasculares
  • Sistema imunológico e infecções: o sono equilibra o nosso sistema imunológico. A deficiência tem sido associada a uma resposta ruim com vacinações e aumento do risco de Covid-19 e resfriado comum.
  • Problemas neurológicos: o sono é essencial para a consolidação da memória. Os distúrbios do sono contribuem para o declínio cognitivo e para o aumento do risco de Alzheimer e doença relacionada.
  • Distúrbios psiquiátricos e psicológicos: o sono regula a emoção e o bem-estar psicossocial. Sua deficiência aumenta o risco de ansiedade, depressão grave, transtorno bipolar.
  • Problemas sexuais: pesquisas apontam que a privação de sono pode estar associada à redução do desejo e excitação das mulheres. Nos homens, a falta de sono pode aumentar o risco de disfunção erétil e diminuir a produção de testosterona.

 

“Sabemos que sem sono não vivemos e que dormir é fundamental até para você funcionar durante o dia. A imunidade melhora, o raciocínio melhora, a saúde melhora. Vários processos ocorrem durante o sono, como a consolidação da memória, a saúde cardiovascular, o metabolismo. Não existe saúde geral sem uma boa noite de sono”, alerta a neurologista Dalva Poyares, uma das autoras do artigo “A necessidade de promover a saúde do sono nas agendas de saúde pública em todo o mundo”, publicado na revista The Lancet.

 

 

As especialistas explicam que esses prejuízos são sentidos por pessoas que privam o sono por um longo prazo. Ou seja, está tudo bem não ter uma noite boa de sono. O problema é quando a noite mal dormida se torna recorrente.

 

Um sono de qualidade

O que é dormir bem? Segundo as especialistas, o dormir bem é uma sensação subjetiva, mas que está associada a ter um sono na qualidade e quantidade adequadas.

Dormir bem não ajuda só a não ter olheiras. O sono traz impactos positivos para todo o organismo.

Quem não quer dormir bem? Um sono de qualidade está diretamente ligado ao bem-estar do corpo e da mente, já que ele impacta no humor, na vida social, nos sistemas imunológico e cardiovascular, no trabalho e na vida conjugal.

O sono é um pilar essencial para a nossa saúde, junto com atividade física e alimentação. Por isso, ele não deve ser negligenciado.

 

“Nosso corpo funciona como uma máquina e o sono é o principal promotor do equilíbrio interno do organismo. Tudo precisa funcionar de forma excelente e quem dá equilíbrio nos processos fisiológicos é ele. Se ele está ruim, o corpo vai falhar”, explica Monica Andersen, diretora do Instituto do Sono e professora da Unifesp.

 

E quantas horas devemos dormir? Ouvimos que o ideal é dormir 8 horas, mas não é bem assim. Para começar, cada indivíduo é único. Por isso, não há um número mágico de horas recomendadas. Além disso, a necessidade muda com a idade.

 

“O adulto dorme entre 7 e 9 horas. Ainda é normal que durma ou 6 ou 10 horas. Não existe um número chave, mas existe uma média para cada faixa etária para recuperar energia, capacidade de resolução de problemas, de viver um dia disposto”, explica Sandra Doria, otorrinolaringologista com especialização em Medicina do Sono e pesquisadora do Instituto do Sono.

 

 

 

 

 

Bahia registra alta de mais de 130% do número de casos de covid-19

 

A Bahia teve um aumento de 131,2% em casos de covid-19 registrados na última semana – de 29 de outubro a 4 de novembro, com um total de 654 testes positivos. Esse percentual foi registrado em comparação com semana anterior – de 22 a 28 de outubro –, quando 279 casos foram contabilizados.

 

Os dados são referentes aos testes feitos nos pontos disponibilizados pelo estado e prefeituras, e também aos exames feitos em laboratórios particulares, mas não engloba testes de farmácia.

Com sintomas atenuados por causa da vacinação, a covid-19 tem sido confundida com gripes e resfriados. Por isso, as pessoas têm buscado menos os testes oficiais, o que dificulta a contabilização dos dados pelos órgãos oficiais, portanto, não dá para saber o total exato de doentes.

Em todo o mês de outubro, foram registrados cinco óbitos em decorrência da covid-19 no estado. Nesta segunda-feira (6), cinco pessoas estão internadas com a doença. Todas são adultas e quatro delas estão em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e uma está em leito de enfermaria. A taxa de ocupação dos leitos é de 7% e 1%, respectivamente.

Desde o início da pandemia, o estado registrou 1.809.050 testes infectados – parte deles são de pessoas que ficaram doentes mais de uma vez. De 2020 para cá, a Bahia perdeu 31.741 pessoas para a covid-19.

Vacinação contra a covid-19

Salvador segue com estratégias de vacinação contra Covid-19 — Foto: Bruno Concha/Secom

A prefeitura de Salvador já aplicou 8.022.160 vacinas, entre as 1ª e 5ª doses e também a dose única. Deste total, 500.431 pessoas tomaram a bivalente – um número que corresponde a 6238% do total de imunizantes aplicados.

Para reforçar a vacinação, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) da capital retomara a campanha “Happy Hour da Vacina”, entre terça-feira (7) e quinta-feira (9). Unidades de saúde, pontos de vacinação por drive-thru e locais de grande circulação de pessoas estarão abertos até as 20h.

A lista completa de unidades, a documentação necessária, aprazamentos e público-alvo serão publicados no site do órgão ainda nesta segunda, conforme gestão.

Fonte: Site G1

Com título inédito do Fluminense, Brasil quebra recorde com cinco campeões seguidos na Libertadores

O Fluminense faturou o título inédito da Libertadores, ao vencer o Boca Juniors por 2 a 1, neste sábado, no Maracanã. A conquista marcou a maior hegemonia de um mesmo país na competição: o Brasil. São cinco títulos nas últimas cinco edições.

 

Graças ao Tricolor, o Brasil aumentou essa lista, que ainda conta com Flamengo, campeão em 2019 e 2022, e Palmeiras, vencedor em 2020 e 2021. Até então, a maior sequência era dividida entre Brasil e Argentina (2x), tendo cada um com quatro conquistas seguidas. Veja os campeões:

 

John Kennedy Fluminense gol Boca Juniors — Foto: Sergio Moraes/Reuters

 

ARGENTINA

1967 – Racing Club

1968 – Estudiantes

1969 – Estudiantes (Invicto)

1970 – Estudiantes (Invicto)

==============

1972 – Independiente

1973 – Independiente

1974 – Independiente

1975 – Independiente

 

BRASIL

2019 – Flamengo

2020 – Palmeiras

2021 – Palmeiras

2022 – Flamengo (invicto)

2023 – Fluminense

 

Em 1971, o Nacional, do Uruguai, superou o Estudiantes e interrompeu o que seria uma sequência de 9 títulos argentinos consecutivos.

 

O título do Fluminense foi o 23º do Brasil na competição. É o segundo país com mais conquistas da Glória Eterna, perdendo apenas para a Argentina, com 25 troféus. As conquistas brasileiras estão divididas por 10 clubes: Flamengo (3), São Paulo (3), Santos (3), Grêmio (3) e Palmeiras (3), Cruzeiro (2), Internacional (2), Vasco (1), Corinthians (1), Atlético-MG (1) e Fluminense (1).

 

Já a Argentina tem 25 conquistas, graças a Independiente (7), Boca Juniors (6), River Plate e Estudiantes (4). Racing, Argentinos Jrs, Vélez Sarsfield e San Lorenzo completam a lista, cada um com uma Libertadores.

 

 

 

Fonte: G1

Botafogo tem 81% de chances de título; Santos, 71% de ficar na Série A, Bahia tem 66%, e Vasco, 54%

Bateu em 99,97% a probabilidade de o Botafogo ir para a Libertadores do ano que vem segundo as projeções do Espião Estatístico. Embora não esteja matematicamente classificado, devido a confrontos diretos e potenciais defensivos e ofensivos, estatisticamente é improvável que o Botafogo termine o Brasileirão abaixo da sexta colocação. A rodada 26 será concluída no próximo sábado com o jogo Cuiabá x Cruzeiro.

 

Após três derrotas consecutivas seguidas por um empate no Brasileirão que acabaram em demissão do técnico português Bruno Lage, o Botafogo derrotou no Maracanã o último mandante invicto, o Fluminense, e teve uma rodada praticamente perfeita: com a vitória por 2 a 0 no Maracanã, as chances de o Botafogo se tornar o campeão do Brasileirão cresceram 19 pontos percentuais, passando de 62% para 81%. O Botafogo tem agora nove pontos de vantagem para o segundo colocado da classificação, o Bragantino: 55 pontos contra 46. Faltam 12 rodadas e 36 pontos a disputar.

 

 

 

Em parceria com o economista Bruno Imaizumi, analisamos todas as finalizações cadastradas pelo Espião Estatístico em 4.058 jogos de Brasileirões desde a edição de 2013, que servem de parâmetro para medir a produtividade atual das equipes no ataque e na defesa a partir da expectativa de gol (xG), métrica consolidada internacionalmente. Os dados ajudam a calcular as chances de cada equipe vencer os jogos restantes, fazendo 10 mil simulações para cada partida a ser disputada, o que resulta nos percentuais do quadro abaixo.

 

Chances de título no Brasileirão

 

Clube %

Botafogo 80,8%

Bragantino 9,4%

Palmeiras 4,1%

Grêmio 2,8%

Flamengo 1,1%

Fortaleza 0,7%

Fluminense 0,6%

Athletico-PR 0,6%

Fonte: Espião Estatístico. Projeção: Bruno Imaizumi

Itapetinga: Eleição para Conselheiro Titular acontecerá amanhã, 01/10

Saiba quem são os candidatos de Itapetinga e os locais de votação:

 

A eleição dos Conselhos Tutelares será realizada em todo o país no próximo domingo (1º). Neste ano, a votação para os representantes será feita, pela primeira vez, por meio de urnas eletrônicas em 223 das 417 cidades baianas, com apoio do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA).

 

Os demais municípios que não terão os equipamentos eletrônicos utilizarão cédulas em urnas de lona, também do órgão. Poderão votar todos os cidadãos a partir dos 16 anos que estejam em situação regular perante a Justiça Eleitoral. O voto é secreto, direto, facultativo e só é permitido escolher um candidato.

 

Para participar, os eleitores devem estar em situação regular junto à Justiça Eleitoral e apresentar, obrigatoriamente, documento oficial com foto ou e-título. O local nem sempre é o mesmo das eleições gerais, por isso, é importante verificar o endereço no site do Tribunal Regional Eleitoral ou da prefeitura. A votação acontecerá das 8h às 17h.

 

Serão escolhidos 2.225 membros para compor os 445 Conselhos Tutelares existentes em toda a Bahia. Cada conselho possui 5 membros titulares e os eleitos vão cumprir exercício no mandato de 2024 até 2027. A posse dos escolhidos está prevista para o dia 10 de janeiro do ano que vem.

 

O que faz um conselheiro tutelar?

Os conselhos tutelares são órgãos permanentes, autônomos e zelam pelo direito das crianças e dos adolescentes. Entre outras funções, o Conselho Tutelar é responsável por fiscalizar e monitorar entidades de atendimento infanto-juvenil tanto do poder público, quanto da sociedade civil.

 

Os conselheiros possuem mandato de quatro anos. Se quiser se reeleger, o conselheiro tem que se candidatar novamente.

 

Outras atribuições que fazem parte da função de conselheiro:

 

Dar orientação, apoio e acompanhamento;

Acompanhar matrícula e frequência obrigatórias em estabelecimento de ensino, se necessário;

Inclusão de crianças e adolescentes em serviços e programas oficiais ou comunitários de proteção, apoio e promoção da família, da criança e do adolescente.

Pedido de tratamento médico, psicológico ou psiquiátrico, em regime hospitalar ou ambulatorial e a inclusão em programa oficial ou comunitário de auxílio, orientação e tratamento a alcoólatras e toxicômanos, dentre outras competências;

Fiscalizar;

Promover ações ligadas a prevenir e conscientizar;



WebtivaHOSTING // webtiva.com.br . Webdesign da Bahia